quinta-feira, 25 de abril de 2019

Nam June Paik e Merce Cunningham - Good Morning Mr. Orwell (1984)






Traduzido da wikipédia: "Good Bye, M. Orwell" foi instalação produzida por Nam June Paik  um artista americano nascido na Coréia do Sul, utilizando um satélite. Ocorreu no dia de Ano Novo de 1984.



O evento, que Paik via como uma refutação à visão distópica de George Orwell de 1984, ligava a WNET TV em Nova York e o Centre Pompidou em Paris, via satélite, além de se conectar com emissoras na Alemanha e na Coréia do Sul. Ele foi ao ar em todo o país nos EUA na televisão pública e atingiu uma audiência de mais de 25 milhões de espectadores em todo o mundo.



Merce Cunningham dança com imagens de si mesmo com atraso de satélite, sobrepostas com textos rastejantes sobre o tempo de George Orwell na Espanha. Ao fundo, Ástor Piazzolla toca o bandoneón.

segunda-feira, 11 de março de 2019

Cage/Cunningham

Incrível documentário sobre vida e obra de Merce Cunningham e John Cage.

Dancing Cities Budapest - All we can do

Dancing Cities Budapest é uma coprodução da All We Can Do e Parallel Art Foundation. Este é o primeiro episódio da série filmada em Budapeste. Este episódio mostra o encontro entre Thibaut Ras e Imre Vass, explorando  juntos a improvisação entre corpo e câmera.

Improvisação: Imre Vass

Imagem e Edição: Thibaut Ras

Produção e direção de arte: Marie Pons

Líder do Projeto: Gábor Pintér

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Navel and A-Bomb (Heso to genbaku) Eikoh Hosoe and Tatsumi Hijikata





No filme Navel and A-Bomb (Umbigo e bomba atômica) de Hosoe Eikoh apresenta Hijikata Tatsumi e sua coreografia. A representação do corpo (japonês) está ligado ao bombardeio de Hiroshima e Nagasaki e à destruição total do Japão. "Umbigo e bomba atômica" (1960) calcula o "nascimento" de uma nova identidade japonesa no rastro da catástrofe atômica, a subsequente derrota e ocupação do Japão.



Hosoe conheceu Hijikata no ano anterior ao Navel e à bomba atômica. Em 1959, Hijikata coreografou e realizou o Kinjiki (Forbidden Colours), baseado nas imagens homossexuais encontradas no romance homônimo de Yukio Mishima publicado em 1951.

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

"AMOR EM 4 ATOS - 1º ato "





Videodança " AMOR EM 4 ATOS "

Realização: Cia da Vila e Bronca Filmes

- INSPIRADO BY HONORÉ DE BALZAC 'S TALE " A LOVE IN THE DESERT"


Direção: Priscila Magalhães e João Leão

Coreografia: Juliana Kis e criação coletiva

Direção de Imagem / fotografia/montagem: João Leão

Direção Produção: Pauliana Reis

Ass. Produção: Paula Reis

MKO: Thamy Cabral

Produção: Frame Forte Filmes / Bronca Filmes

Bailarinos: Thamires Núbia , Daru Liberato, Julio Françozo, Giovanna Bertolucci e Cris Rother.

Música original e produção musical
Rafael Thomazini

Co-produção musical
Vinicius Scorza

Projeto contemplado no 22º Fomento a Dança

Patrocínio: Secretaria Municipal de Cultura e Fomento a Dança

domingo, 26 de agosto de 2018

VIDEODANÇA AMA-ANTES | COLETIVO NÓS





Inspirado no quadro surrealista "Los Amantes" de René Magritte e transitante do universo da dança, teatro e performance. Há figuras de corpos vivendo a excitação e tensões de uma relação, de um ponto de vista menos cotidiano e mais performático.

Seguidores